João Pinheiro, Qua 12/12

Padre Alessandro Campos faz show em João Pinheiro


O último dia das comemorações dos 107 anos de João Pinheiro teve o show de um dos mais carismáticos padres da atualidade


Alessandro Campos conta sempre à imprensa que descobriu a vocação sacerdotal na infância, por volta dos sete anos de idade. Ele afirma que brincava de celebrar missas e usava suco de groselha e bolachas para simular a celebração da eucaristia.

Aos dez anos, virou coroinha e foi encaminhado para o seminário quando tinha treze.

Estudou teologia na Faculdade de Teologia do Tabor, de propriedade da Diocese de Mogi. Foi ordenado padre em 2007, aos 27 anos de idade, em Resende, no Sul Fluminense.

Ficou ligado à Arquidiocese Militar, onde permaneceu até 2011. No meio militar, passou pela Academia Militar das Agulhas Negras e foi tenente e capelão do Colégio Militar de Brasília. Lá, inseriu a música sertaneja em suas missas.

Em 2014, retornou à Diocese de Mogi. O bispo local o autoriza a fazer shows pelo Brasil, além de apresentar programas de rádio e televisão. Assim, Alessandro atua como uma espécie de "padre missionário".

Padre Alessandro Campos é conhecido por usar dos elementos da música sertaneja. Por onde passa, sempre aparece com trajes de cowboy em meio às vestimentas tradicionais de padre. Alessandro cantava na igreja ainda na época de coroinha e, já sacerdote, foi incentivado a entrar na carreira musical pelos padres de sua antiga paróquia.

Seu primeiro álbum foi lançado em 2011, mas o sucesso veio no álbum seguinte, "O que é que eu sou sem Jesus?", que chegou nas lojas em 2014. A quantidade de 900 mil álbuns vendidos o fez ficar na frente de artistas como Ivete Sangalo e Roberto Carlos. Dessa maneira, ele apareceu na lista de 50 álbuns mais vendidos do mundo, pela Federação Internacional da Indústria Fonográfica.

O SHOW EM JOÃO PINHEIRO

O sacerdote Alessandro Campos chegou em seu camarim por volta das 09:30 da noite, uma gigantesca fila de pessoas na sua maioria idosos, foi organizada pelos produtores, para que todos pudessem tirar fotos com o padre sertanejo.

Por volta das 10:00 horas da noite Alessandro Campos subiu ao palco e uma multidão de fieis já estavam esperando pelo tão aguardado show. Na abertura foi tocada o sucesso "O que que é que eu sou sem Jesus".

Em entrevista, ele contou sobre sua trajetória e sua vocação discoberta desde muito pequeno e as dificuldades que ele enfrentou. " Cada um de nós podemos compôr as nossas histórias, lógico que temos obstáculos e que temos que enfretá-los, pois neste mundo a dor e decepções. Tudo que você possui, por maior que seja o seu poder, sem Jesus um dia vc vai cair". Palavras de Alessandro Campos.


Da redação do JP hoje / Valdimar Ferreira
Foto: JP hoje